Mushing em Portugal

Apesar de existirem muitas histórias relacionadas com cães de trenó dignas de serem contadas, a Grande Corrida de Ajuda a Nome, é talvez a mais significativa e famosa.
Tudo se passou em Janeiro do ano de 1925, quando uma epidemia de difteria eclodiu em Nome no Alaska. Devido ao soro existente nessa cidade ser insuficiente para controlar a epidemia e as condições atmosféricas e terrestres não permitirem qualquer comunicação, a única forma encontrada de fazer chegar o antídoto à população foi utilizando cães, trenós e homens determinados a levar a cabo essa missão.
O soro veio de comboio de Anchorage para Nenana. Debaixo de 40º negativos e sobre terreno agreste, 22 homens e mais de 100 cães percorreram cerca de 1000 km em cinco dias e meio, transportando a preciosa carga e salvando Nome da difteria.
Muitas vidas foram salvas.

Hoje, podemos relembrar este acto heróico pela estátua de Balto, o cão que liderou uma das equipas, levantada no Central Park em Nova Iorque e dedicada ao espírito indomável dos cães de trenó.
Na base podemos ler: Resistência. Fidelidade. Inteligência. Com o avanço da tecnologia e consequentemente dos meios de transporte, o uso do trenó para fins comerciais foi gradualmente decaindo.
Contudo, as corridas de cães de trenó desenvolveram-se como desporto e desde 1908 (ano da primeira corrida oficial no Alaska) foram sendo cada vez mais populares.
Nos dias de hoje, o Mushing (termo que deriva do verbo marcher utilizado pelos exploradores no Alaska e significa este desporto em geral) é praticado em numerosos países quer como hobbie quer como competição.
Em Portugal o Mushing surgiu em 1995 havendo cada vez mais praticantes.
Anúncios

Dá-se Husky

Foi encontrado em 2004 à porta de casa. Infelizmente por motivos de saúde da dona, terá de encontrar um novo lar.
É muito meigo e não suja nada dentro de casa.
Contacto:
Paula Alves
paula_alves_4@hotmail.com

Para Adopção


Contacto para Adopção:
Localidade: Sintra
Tel: 960240091
Email: sandracatarina1@sapo.pt

Adoptado

Um final feliz.
ADOPTADO